LCL

[Semana 1 Reflexão] Escolha um P!


#121

Paixão, só consigo me envolver efetivamente em algum projeto seja ligado ao lado profissional, acadêmico ou pessoal se estiver realmente ligado afetivamente a ele


#122

O primeiro P da minha lista é o de Paixão, a partir daí aplica os outros Ps.
Acredito ser muito mais fácil realizar projetos, procurar parcerias e brincar quando você faz aquilo que realmente gosta, aquilo que desperta seu interesse, o caminho se torna mais atraente, os desafios deixam de ser monstros de sete cabeças…


#123

Minha escolha é o Pensar brincando. Tenho o lúdico como um elemento central no desenvolvimento humano, o que nos move ao encontro da nossa essência, trazendo a tona nossas reais necessidades e nos mostrando como solucionar nossos problemas de forma profunda e criativa.


#124

Puxa que difícil… os 4P´s tem muita importância para a aprendizagem criativa mas como tenho que escolher um… fico com Projetos. Na minha opinião quando o Projeto é bem elaborado é possível contemplar todos os outros.


#125

Boa tarde à todos!
Bom, pra mim, o mais interessante dos “Ps” é PAIXÃO, pois a meu ver, se este não for o primeiro a ser levado em consideração, o empenho no projeto, a proatividade em formar equipes e a vontade em discutir ideias de forma dinâmica, não existirão, pois será tudo feito apenas porque lhe fora designado, não haverá um por quê de se fazer aquilo, por parte do indivíduo que o deve fazer.
Abs.


#126

Olá,

Sou professora há 30 anos. Nessa minha trajetória na educação, passando pelo ensino fundamental, médio e superior, é notório que, a medida que as crianças vão crescendo, a escola vai “formatando”, “enquadrando” as pessoas. Perde-se o potencial criativo, perde-se a alegria da primeira infância. Gostaria de começar a pensar pelo último P (Play). Por que não brincamos sempre?, por que não temos na escola espaços para aprender brincando? Estou encantada com a proposta da aprendizagem criativa. Atualmente, trabalho em uma escola púbica diferente, que nos permite esse aprender brincando. Estou aproveitando muito esse curso e a cada semana levo para os meus colegas os textos e vídeos para discutirmos e aprendermos juntos.
@braço @fetuoso,
Elmara


#127

Olá!

minha escolha dos 4P’s é Pensar brincando.

Penso que na ordem posta dos 4P’s ele se resume de trás para frente, pois quando criança nosso primeiro contato é brincando, logo vem o brincar em pares com nossos colegas e nisso se inicia um processo social, um contato com o próximo. E ao crescer ai sim desperta nossas paixões por algo, e até mesmo por alguém não é mesmo? rs, e sim projetos, pensar em alguma solução para alguma situação ou até mesmo problema.


#128

Pra mim, paixao.

Sempre quando estou envolvido em minhas atividades, seja trabalho ou um hobby gosto de me dedicar e colocar aquilo dentro da minha vida como se fosse uma peca fundamental. O ato de fazer por fazer me incomoda profundamente.
Minha ultima experiencia foi meu mestrado. Tinha um interesse de fazer o mestrado, apesar da lacuna de quase 14 anos sem estudar. Quando comecei, me senti decepcionado, nao era o que eu esperava, quase desisti. Minha esposa, uma pessoa infinitamente mais calma do que eu me puxou no canto e me fez lembrar dos porques de eu querer fazer um mestrado e como eu poderia acrescentar, nao so para minha pessoa, mas tambem para a instituicao. Mudei meu prisma de visao de como encarar aquilo e realmente, hoje ja me sinto de outra coisa.

Em resumo. As vezes so precisamos procurar melhor, usar a lupa da vida com mais coerencia que encontramos a paixao para nosso destino.


#129

Paixão em ensinar e aprender como dizia :Paulo Freire é uma das vertentes que gosto muito e acredito.
Se não há sonho no professor, que é o que o move a criar e a acreditar em seus alunos, nada acontece.
A crença e a confiança desta autonomia sentida pelos alunos e para os alunos vinda do professor é o que faz a criatividade se tornar tão mágica e possível em todos os níveis de ensino.
A paixão,os projetos que nascem no cotidiano escolar é o pensar em pares e em grupos integrando, aceitando e discutindo algo significativo do momento. É no momento da explosão de idéias que nasce a criatividade que é a vontade vinda pela empolgação do professor em acreditar naquilo que faz. Então devemos sim ser audaciosos,corajosos e principalmente acreditar na capacidade de todo ser humano.


#130

Paixão, para mim é sem dúvidas fundamental para a motivação. “Comprar” a ideia é um dos aspectos bem importantes para me jogar e convencer a todos. A possibilidade de fazer algo que goste traz uma satisfação pessoal que torna o trabalho uma parte da sua vida.


#131

Difícil escolher uma, acredito que todas estão interligadas, pensando em como lido com a aprendizagem a paixão é o que me move.


#132

Pensar brincando é o que mais me interesso, pois as crianças já fazem isso, para mim é como se tudo que a criança faz seja uma brincadeira e é algo que tento levar sempre para as atividades e oficinas que facilito e também é algo que levo para vida.


#133

Concorrer com as diversas mídias e dispositivos como celular e computador está cada dia mais difícil.
Dessa forma, pensar brincando e paixão são os que mais me atrai, pois só assim podemos conseguir maior engajamento dos estudantes em seu aprendizado.


#134

Projetos!

Deve ser “de-formação” profissional. O que me estimula, é levar os alunos a pensar e tentar resolver problemas.


#135

Todos os Ps são importantes. Mas eu acredito que o Projeto acaba por ser o responsável por dar a liga aos outros três, sem falar que leva a uma entrega que pode ser avaliada gerando assim um importante recurso pedagógico.


#136

Certamente, PAIXÃO! Sem paixão as coisas não fluem…


#137

Eu penso que o P de paixão: quando as pessoas trabalham em projetos pelos quais têm interesse,elas se dispõem a trabalhar por mais tempo e se esforçam mais. E os outros Ps complementam a efetivação do projeto.


#138

Eu também acho o P de Paixão. Essa P faltando no dia a dia do discente, torna desinteressante o aprendizado.


#139

O pensar brincando, pois é através das brincadeiras que a criatividade se desenvolve e as situações surgem fazendo com que se procure soluções que podem se tornar pequenos projetos que podem ser resolvidos com parceria e com paixão e exploração.


#140

Eu escolho P de Paixão e relancionando com a minha infância essa paixão foram os livros da Anita que tiveram em mim. Fui uma criança que brincava sozinha e quando lia os livros da Anita entrava no seu mundo, imaginando a uma amiga especial. :kissing_smiling_eyes: