LCL

[Semana 1 Reflexão] Escolha um P!


#21

Projetos
Acredito que ao pontuarmos uma direção na qual devemos seguir para chegarmos a um dado saber é bastante seguro, pois o projeto sistêmico exige o cumprimento de etapas que norteiam desde a fase de busca, a pesquisa, até a aplicabilidade.


#22

Projeto - Um projeto bem planejado, criativo e com significado para o aprendiz torna a aprendizagem fácil e prazerosa


#23

Sendo eu professora da Educação Infantil e apaixonada pelo que faço é claro PENSAR BRINCANDO, pura aprendizagem criativa, prazerosa.


#24

Eu gosto muito do Pensar Brincando, e parece que isso se relaciona muito com a vida, como a vida funciona…
O ser humano é muito curioso, sempre quero aprender algo novo, mas em geral é algo que o diverte, que o faz feliz.
Mas ultimamente O P de Pares, tem sido muito legal de observar, é muito bonito ver a troca de informação na sala de aula, um aluno ajudando o outro. Me dá a sensação de estarmos construindo a sociedade na qual eu quero viver.


#25

eu penso como a minha educação foi burocrática, como a escola teve poucos momentos memoráveis de aprendizado.
lembro de uma feira de ciência onde fizemos a maquete de estação de tratamento de esgoto. Ou seja, a primeira coisa que me veio a mente, sem refletir muito, automaticamente foi essa experiência de criar algo com coisas velhas e vários outros objetos. Por isso paixão e parceria me encantam mais.
Como estas duas palavras se dão tão bem. Dois serem humanos apaixonados e parceiros podem fazer milagres.


#26

Todos os P´s são importantes, mas eu escolho a paixão. Amo o que faço e procuro contagiar as pessoas. Procuro ouvir, dar e valorizar as ideias.


#27

Eu gosto muito de projetar e acho muito importante pensar brincando. Mas imagino que sem paixão nada acontece.
Em uma aula em que o professor não gosta do que está fazendo ou os alunos estão desinteressados não se produz nada, no máximo se reproduz o modelo antigo de “um fala, todos escutam” :thinking:
Precisa haver paixão no que se está fazendo para que os projetos aconteçam e que seja possível pensar brincando.


#28

Acredito que a força que move as transformações é a Paixão. Estar constantemente apaixonado pelo que fazemos permite conexões, parcerias e possibilita uma nova forma de pensar nossos propósitos. Considero estes aspectos fundamentais na educação.


#29

Roberta, compartilho com você este “P”! Me atrai muito, pensar brincando. Sempre procuro atividades que o pensar, jogar com estratégias, estejam presentes!!!


#30

Projetos, acho que é através deles que conseguimos guiar todo o resto e, através dos processos pelos quais passamos para construí-los, podemos crescer e aprender muito.


#31

Bom dia! Eu me interesso mais por Pensar brincando. Acredito que dessa maneira os horizontes se abrem e não ficamos limitados a determinadas visões.

Abraços, Lo


#32

Pensar brincando. Vejo agora minha filha crescendo e fico sempre imaginando como ela cria coisas na cabeça dela, o que será que ela está pensando quando pega uma boneca, uma bola, qualquer objeto e o que vem logo a seguir… o que ela vai inventar e fazer com aquilo. Claro que vejo a paixão como algo muito importante no processo, mas sou muito curioso sobre os modelos de aprendizagem.


#33

Ainda não sei qual dos quatro elementos mais me chama atenção. Mas com certeza a união deles me parece formar algo muito bacana. Já trabalhei em diversos projetos culturais. É uma loucura. Com certeza todos esses elementos estavam envolvidos. É muito bom ver um projeto que surge de uma paixão, muitas vezes coletiva, ser experienciado e concretizado por todxs.


#34

Projeto! Dentro de um projeto posso pensar brincando, posso colocar toda a minha paixão pelo trabalho, posso formar pares(meu time).


#35

Escolhi o P de Pares… Sabe, tenho descoberto ao longo da vida que fica muito mais difícil, mesmo com um projeto, apaixonada por esse projeto, pensando sobre ele, imaginando em mais altas brincadeiras, fica muito mais difícil quando não compartilhamos, comungamos com outro alguém. Embora acredite nos outros P’s, os pares me motivam! :stuck_out_tongue_winking_eye:


#36

Well, peering is something I’m really interested in. In my field, there is a lack of oportunities for English teachers to interact to each other and share ideas, experiences, good tips.

Bom, trabalhar em conjunto (pares) é algo que me interessa muito. Em minha área, os professores de Inglês sentem uma falta muito grande de oportunidades de interagir com outros professores e compartilhar ideias, experiências, dicas legais.


#37

Interessante… cada vez que me aprofundo mais nos Ps, não consigo imaginar um sem o outro… Projetos sem paixão, ou sem espaço para colaboração e exploração… o que vocês acham?


#38

Concordo, eles estão todos interligados, complementando um ao outro.


#39

Concordo! Como alguns colegas já colocaram, considero a metodologia de Projetos como um elemento estruturante, aquele que permite que se promovam os demais Ps, ou ainda outros elementos relevantes para a Educação dos nossos jovens. Eu acrescentaria um C, que talvez esteja relacionado à Paixão… As Causas! Penso que devemos envolver a garotada na solução dos problemas reais de sua escola, comunidade, seu país, ou do mundo. Uma boa causa pode ser uma centelha da Paixão.


#40

Realmente difícil escolher apenas um p, mas vou ficar com o pensar brincando. Acredito que o lúdico, o divertido fica muito de fora quando estamos falando de pensar.