LCL

|Reflexão 6| Costumava pensar, agora penso


#1

Estamos curiosos para saber como suas ideias evoluíram, baseadas nas atividades e discussões no Aprendendo Aprendizagem Criativa.

Uma forma de refletir em sua jornada LCL é completar esta frase:

** Eu costumava pensar…, mas agora eu penso…**

Complementando o “complete a frase”, compartilhe sua reflexão:

*O que em sua jornada contribuiu para a evolução do seu pensamento?

  • Como isso pode contribuir para o seu trabalho?

[Wk 6 - Reflection] I Used to Think, Now I Think
#2

Bom dia
Eu costumava pensar que não podia ser criativa, mas agora eu penso que é possível estimular a criatividade com poucos elementos: projeto; paixão; pares, pensar no brincar.
Evolui em relação às possibilidades metodológicas de meu trabalho como professora de matemática, pois estou pensando em construir um espaço maker na escola, fazendo cursos de robótica, trabalhando no scratch, aprendendo a programar. Nunca havia pensado nessas possibilidades e na importância em tratar a escola e a vida como um eterno jardim de infância.

Obrigada a todos.

Geslaine Taís Wasem


#3

Eu costumava pensar que o pensamento crítico era impossível para as crianças mas agora eu penso que isso não é verdade. Após esta jornada com o LCL comecei a perceber como os 4P´s contribuiram para o meu esclarecimento de que o pensamento crítico nas crianças existe e pode ser incentivado.
Estou grata a todos os elementos da equipa LCL. Muito obrigada. Ao senhor Mitch Resnick um especial agradecimento pela partilha do seu ilustríssimo pensamento.
P.S. - Quando decidirem outra jornada publicitem-na bem para ver se eu me encontro outra vez com vocês!


#4

Boa noite, Pessoal!

Eu costumava pensar que ser criativo era algo reservado apenas para alguns poucos privilegiados, mas agora eu penso que todos podemos ser criativos, bastando apenas a oportunidade de desenvolvermos o nosso lado criativo.

Complementando o “complete a frase”, compartilhe sua reflexão:

*O que em sua jornada contribuiu para a evolução do seu pensamento? Apesar de não ter participado ativamente das discussões, as leituras e vídeos me levaram a várias e importantes reflexões. Como professora de professores para o uso de tecnologias, me avaliei como uma professora muito tradicional. Acredito que posso levar os meus professores a se tornarem mais criativos por meio de minhas aulas.

  • Como isso pode contribuir para o seu trabalho? Proporcionando aos meus professores atividades mais criativas, como aulas mais ricas e criativas. Isto terá consequências positivas nas salas de aulas. Tenho um importante papel a desempenhar, disseminando o que aprendi aqui no curso para meus estudantes, que são professores da rede pública aqui do Distrito Federal.

#5

Eu costumava pensar que a aprendizagem das crianças era condicionada aos planos de aulas
bem elaborados, mas agora eu penso que a criatividade delas pode ser transformada em projetos
que elas mesmo desenvolvem.

Em minha jornada o que contribuiu para a evolução deste pensamento foram as experiências
recentes em sala de aula, vimos que as tecnologias reforçam o conteúdo recebido em sala e
fazem o protagonismo dos alunos ser ferramenta de crescimento deles.

Como isso tem contribuido para o meu trabalho são alunos mais motivados e engajados para
nossas aulas, eles tem demostrado o quanto aprenderam nesse formato tão novo para o colégio que
a muito tempo queria ter aulas com STEM.


#6

Eu costumava pensar que o brincar poderia ser usado como mais um elemento no processo de ensino aprendizagem, mas com as atividades e discussões no Aprendendo Aprendizagem Criativa agora penso que o brincar é muito mais que um elemento a mais, o brincar pode transformar as crianças em pensadores criativos, o brincar auxilia a criança na aprendizagem de uma forma mais prazerosa .
Foi muito importante estudar os 4Ps e ampliar o meu olhar com relação ao processo ensino aprendizagem baseado em Projeto,Paixão, Pares e o Pensar Brincando.


#7

Eu costumava pensar que ensinar línguas era apenas escrever e falar, mas agora penso em tantas possibilidades lúdicas e que posso fazer meus alunos se apaixonarem.

Acredito que todos os exemplos que vi e vivi sobre aprendizagem criativa, a energia, a disposição e criatividade dos grupos me contagiam a procurar novas formas de ensinar e de evoluir.


#8

Eu costumava pensar que o professor detinha todo o conhecimento, mas agora penso que temos muito que aprender com os alunos.
Como professora de matemática, posso introduzir o Scratch nas aulas, dando significado a muitos conteúdos que antes ficava no abstrato.