LCL

[Reflexão 2] - Pensando sobre Projetos


#1

Pense sobre o vídeo, leituras, atividades ou discussões desta semana.

O que é uma ideia, citação, pergunta, palavra…
que você tenha achado intrigante, provocativa, inspiradora…
e como você pode relacionar ela a um aprendiz, educador, designer, ser humano…?

Escolha seu caminho de reflexão, e compartilhe seus pensamentos respondendo a este post!


[Wk 2 Reflection] Thinking about Projects
#5

Eu gosto muito da frase de Paulo Freire que diz: "A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria” e acredito que este pensamento valorize a inspiração, o aprender brincando das crianças, do experimentar. É possível relacionar com essa ideia da aprendizagem criativa.


#6

Olá Pessoal,
tem uma frase que gosto muito pq me toca realmente:
Não seja sempre o mesmo, mas seja você mesmo.
Acho que a gente deve estar sempre aberto para mudanças, buscando melhorias, mas que não devemos deixar de ser quem a gente é realmente. Não perder a nossa essência enquanto estamos procurando mudanças.
Penso isso por estar buscando melhorar a minha prática em sala de aula para alcançar os alunos que a cada dia parecem mais dispersos. Tenho visto professores imitando outros professores ou agindo como crianças “retardados” para convencer os alunos a prestarem atenção e acredito que a mudança não é desta forma. Você não precisa deixar de ser quem você é. É preciso mais simplicidade, verdade, coerência e respeito com você mesmo.


#7

Gosto muito de utilizar citações como provocação inicial nas formações que faço com professores, como por exemplo, essa: “A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é preparação para a vida, é a própria vida.” John Dewey. Essa citação se relaciona com o educador que é estimulado a refletir sobre seu papel na vida do aluno e sobre o processo de ensino e aprendizagem, principalmente no que se refere às metodologias ativas, pois evidencia que educação não é preparação para a vida, mas sim a própria vida acontecendo… Essa citação tem muito em comum com este curso, pois pensa em um trabalho onde o aluno seja protagonista da construção de seu conhecimento de forma mais estimulante e sensível.


#8

“As pessoas que se arriscam. Que Fazem. Que Criam coisas. Elas são os alunos X”.
Todo o trabalho que desenvolvo com pesquisa, extensão e ensino tem como um norte a formação de alunos X. Futuramente serão as pessoas que fazem a diferença no mundo.


#9

Refletindo sobre o tema da semana, destaco do texto que a programação é uma forma de fluência e expressão, desenvolvendo o pensamento, a sua voz e a sua identidade.
Destaco um pensamento de Paulo Freire: “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua construção.” Possibilidades que nos professores devemos proporcionar aos nossos alunos, utilizando todos os recursos disponíveis para garantir uma aprendizagem significativa.
Cristina


#10

Penso que nunca devemos estar satisfeitos com o que sabemos ou conhecemos. É sempre preciso buscar mais, aperfeiçoar… Buscar sempre um passo à frente. Gostei da ideia do espiral e acredito que tenha muito em comum com a ideia de estar em constante busca de novas ideias. Assim, como professora, me vejo na obrigação de instigar meus alunos a fazer o mesmo. Valorizar o que já sabemos para buscar novos horizontes e avançar cada vez mais.


#11

A palavra “projeto” para mim é a mais inspiradora. As ideias transformam-se em projetos que podemos partilhar com outras pessoas para experimentar e depois aperfeiçoar. Num projeto a criatividade é impulsionada pelo prazer de fazer algo que motive essa ação. Os alunos constroem e reconstroem os seus conhecimentos. Quando lhes é possibilitada a oportunidade de criar algo que vá diretamente ao encontro dos seus interesses, os alunos empenham-se mais e aprendem sem associar essa situação a esforço desagradável.


#12

Uma ideia ou citação é um evento que revela a partida da uma nova trajetória de descoberta e aprendizagem, eu tenho achado muito inspiradora a palavra do​ ex-presidente ​Obama​ quando ​disse:​ ​"Foram​ ​as​ ​pessoas​ ​que​ ​se​ ​arriscaram,​ ​que fizeram,​ ​que​ ​criaram​ ​coisas​ ​—​ ​algumas​ ​reconhecidas,​ ​mas​ ​normalmente​ ​homens​ ​e​ ​mulheres​ ​cujo trabalho​ ​normalmente​ ​é​ ​deixado​ ​nas​ ​sombras​ ​—​ ​que​ ​nos​ ​carregaram​ ​no​ ​longo​ ​e​ ​tortuoso caminho​ ​em​ ​direção​ ​à​ ​prosperidade​ ​e​ ​à​ ​liberdade."

Eu relaciono a citação aos meus alunos “aprendizes”, não entendo que apenas os que são destaque em notas são merecedores de atenção, o “todo”, no ambiente escolar na minha visão e entendimento são o reflexo da situação atual que pode ser boa, ou pode ser a parte de um processo em direção ao que esperamos que seja o “bom”, ou o “melhor” em nossas expectativas de carreira e vida.


#13

Gosto muito desta imagem e citação:


Foto: Max Dupain

Quem alcançou em alguma medida a liberdade da razão, não pode se sentir mais que um andarilho sobre a Terra — e não um viajante que se dirige a uma meta final: pois esta não existe. Mas ele observará e terá olhos abertos para tudo quanto realmente sucede no mundo; por isso não pode atrelar o coração com muita firmeza a nada em particular; nele deve existir algo de errante, que tenha alegria na mudança e na passagem.

– Nietzsche, Humano, Demasiado Humano, §638.

O percurso é muito importante, as experiências do caminho. Nos projetos é importante testar, avaliar as interações e desdobramentos com os principais envolvidos. Os erros são bem-vindos para encontrar as soluções que realmente proponham mudanças significativas.


#14

Eu gosto muito da frase do Papert: “O tipo de conhecimento que as crianças mais precisam é o conhecimento que as ajudará a conseguir mais conhecimento”.

Se conseguirmos ajudar as crianças (ou qquer pessoa) a conseguir este conhecimento, o “serviço” foi feito! :slight_smile:

E vejo na aprendizagem criativa isto, uma forma de ensinar as crianças a como conseguirem mais conhecimento.


#15

Como boa Piagetiana que sou, gosto muito da frase de Piaget que diz que “a principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe”.
Penso que não será através dessa pedagogia diretiva, que encontra-se presente em quase todas as escolas de nosso país, que conseguiremos preparar nossos jovens para serem sujeitos capazes de inventar e inovar. Vejo na Aprendizagem Criativa uma possibilidade de mudança de paradigma que trará de volta o gosto pela aprender e pelo ensinar.


#16

Uma frase que marca minha vida e meu trabalho é: “Seja a mudança que você quer ver no mundo” (Mahatma Gandhi), pois a partir dela movimento-me e busco o melhor ao meu redor.


#17

Eu quero desaprender para aprender de novo.
Raspar as tintas com que me pintaram.
Desencaixotar emoções, recuperar sentidos.
[Rubem Alves]
Sou uma grande admiradora de Rubens Alves, suas palavras me inspiram a estar sempre disponível para aprender. Acredito que o querer aprender faz parte da nossa vida e é um dos grandes desafios da contemporaneidade. Além disso, estar aberto à espiral da aprendizagem nos faz mais capazes de acreditar nas pessoas e na transformação para um mundo melhor.


#18

É muito interessante ver este diálogo entre Paulo Freire e Seymour Papert. Assim como quem aprende a ler precisa conhecer papel social da leitura e da escrita, quem aprende um conceito precisa entender como ele é aplicado e como se chegou até ele. Mesmo que os estímulo seja externo, a aprendizagem ocorre de dentro para fora.


#19

Algo que sempre senti na escola, principalmente a partir da 5º série, foi a falta de propósito no que eu e meus colegas estávamos apreendendo. E foi seguindo a trilha deixada por Seymour Papert e Paulo Freire que acabei chegando na ideia poderosa da Aprendizagem Criativa.

Eu considero que trabalhar com projetos seja uma ótima forma de sacar e aplicar todo o conhecimento que a educação bancária vem poupando ao longo do tempo.

Palavras são sementes, são fragmentos. São formas de expressarmos ideias, de fazermos com que elas se espalhem e encontrem solos férteis onde possam germinar e dar origem a novas ideias.

Crédito da tirinha: WillTirando


#20

“Vejo cada dificuldade como uma nova oportunidade de me motivar e continuar lutando. Obrigado aos desafios por me fazerem crescer e evoluir” por Reinaldo Luz Santos.

Desde que estava na graduação me vi, em diferentes contextos e situações sobre a importância de continuar seguindo em frente. E é isso o que eu tento passar para os meus estudantes, a importância de continuar tentando, se esforçando, rumo ao crescimento.


#21

Dentro do contexto da educação teve uma frase que me inspirou a humildade e o olhar necessário pra atividade de docência que foi: “Não é sobre fazer o aprendizado acontecer, e sim sobre permitir que ele aconteça” - Sugata Mitra.


#22

Quando li em um outro contexto sobre os quatro pilares da educação, segundo UNESCO: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser e que estas devem ser competências a nortear a educação do futuro, faço um link com tudo que venho lendo e percebo que sim, quando ponho em ação estes pilares, coloco o aluno como protagonista um aprendiz ativo. A programação tem este papel, faz do aluno um ser que aprende a fazer. Não um mero espectador.


#23

Boa tarde

“Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.” Paulo Freire

Gostei muito dessa frase que motiva-nos a trabalhar uns com os outros para aprendermos sempre mais.

Abraços,