LCL

[Atividade 1] Objetos da infância


#41

Na minha infância eu adorava jogos e um dos que eu mais jogava com meus irmãos e minha mãe era um de tabuleiro chamado moinho ou trilha.

O grau de dificuldade do jogo aumentava de acordo com o adversário. Acredito que o jogo de trilha me tornou uma pessoa atenta aos detalhes e ao outro, pois embora seja um jogo muito simples ele tem saídas espetaculares.
trilha


#42

Uma agradável lembrança da minha infância, foi o dia em que ganhei e montei o Helicóptero do Falcon.

A criatividade fluía com a oportunidade cria e contar estórias usando o novo e fantástico brinquedo.


#43

Nossa eu tive uma dessas, que lembrança boa!


#44

15
Esse robozinho “Robô Ding Bo” da estrela me levou a entender sobre o que eu podia fazer com meus amigos e como contar as hisotrias que eu gostava de ouvir sobre astronautas, viagem para a Lua e como a vida seria no futuro. As lembranças daquele tempo foram meu motivador até para a escolha da profissão de engenheiro.


#46

tv%20preto%20e%20branco%20antiga

O fato de meus pais, não terem condições de comprar uma TV, fez com que eu, parasse para expiá-la pela janela de um vizinho. Eu ficava encantada com a imagens.

Certa vez, demorei de chegar em casa depois da escola, pois estava assistindo TV pela janela do vizinho e minha mãe foi ao meu encontro. Muito zangada me deu uma surra.

No mesmo dia, arrependida por ter me batido, comprou uma TV preta e branco usada.
Em minhas brincadeiras, pegava uma caixa de papelão, abria o fundo e colava um papel manteiga. Colocava uma vela dentro da caixa e com as sombras dos dedos, contavas histórias para as crianças da rua. Meu pai destruiu o meu brinquedo, pois não queria ninguém na porta bagunçando…


#47

Que bacana Elimu. Esse material estimulou muito a minha criatividade!


#48

Esse pinos faziam parte de horas e horas de dedicação à criatividade na minha infância! Gostava de fazer naves espaciais, robôs e até cavaleiros do zodiaco hehe. Eles era a versão LEGO de baixo custo que meus pais podiam bancar eu agradeço muito a eles! Estimulou muito minha imaginação. Esses da foto são novos, pois afinal de contas crescer não precisa fazer com que a magia se perca! Bom curso a todos!!!


#49

Olá,

Cada objeto em diferentes fases da infância, vamos ver:

  1. Os ioiôs de refrigerantes, que febre nas escolas.
  2. A BMX Turbo com amortecedor foi o brinquedo mais caro que ganhei. Para receber, tive que escutar um discurso de meu pai, sobre: economia, prioridades, custo, benefício… Foi bem utilizada.
  3. As varetas, muito utilizado nos dias de chuva e com amigos.
  4. E o Genius foi muito divertido e ajudou na memorização.

#50

Olha ele aí!


#51

Meu objeto de infância eram bonecos de super-heróis, em especial um do Wolverine. Desde muito cedo sempre fui fascinado por aventuras e logo que comecei a ler, adorava os quadrinhos dos X-Men, pois achava (e fantasiava) como seria legal um universo em que haviam vários tipos de habilidades, e ainda mais em ter uma escola onde poderiam treinar e desenvolver seus dons especiais. Com isso passava horas brincando com meus bonecos e imaginando várias histórias. ^^


#52

A bicicleta foi (e ainda é) para mim o objeto de entrada para saber melhor como as coisas funcionam. Pela seu tamanho adequado para uma criança, ínumeras peças e mecanismos abertos e a possibilidade de ser constantemente modificada e transformada, abriu minha percepção de sistema e inaugurou o uso de ferramentas (chaves, alicates, bombas). Nos dias de hoje, desenvolvi confiança e certo conhecimento para consertar, remendar e ajustar minha própria bicicleta nos caminho entre casa e trabalho. Além disso, sempre se pode aprender algo sobre novos acessórios, usos e possibilidades que diferentes bicicletas (cargueira, corrida, elétrica, triciciclo, BMX etc) permitem aos seus donos. AInda existem fóruns e reuniões ao vivo par compartilhar ideias e e soluções mecânicas e também marcar passeios para aproveitar o que se fez com a mão na massa para a bike.

fc


#53

Acredito que o objeto que mais marcou minha infância foi a lousa e o giz que ganhei quando tinha por volta de 7 anos de idade. Sempre gostei de interpretar a professora nas brincadeiras e minha brincadeira preferida era “escolinha”… Esse objeto foi especial pois me guiou a ser o que sou hoje, segui o caminho da educação e apesar de estar fora da sala de aula, trabalho com educação, pois sempre soube da importância para a sociedade.

objeto%20de%20inf%C3%A2ncia


#54

Uma amiga minha tinha um caleidoscópio e eu achava incrível! Ná época eu nem sabia o que era um fractal e nada sobre essa teoria, mas achava muito massa!


#55

Pois é Flavio, eu acredito que sim. Eu sempre tive dificuldades com as formas tradicionais de aprendizado e teve um período que eu não sabia lidar com isso e muito menos minha família. Foi brincando que entendi que eu sabia fazer qualquer coisa que eu quisesse fazer. Entendi que algumas coisas eu ia demorar mais e outras menos e, com isso, passei a acreditar em mim.


#56


Um objecto que marcou a minha infância foi o afiador de lápis, me lembro que estava no primeiro ano (primeira classe) do ensino primário quando a minha mãe notou a minha dificuldade em usar o afiador de lápis “comum” e ofereceu-me um idêntico ao da imagem e com muita facilidade passei a usar o afiador de lápis com muita facilidade podendo até afiar os lápis em diferentes pontas consoante a actividade que iria desenvolver (escrita ou desenho) o que aumentou em mim o gosto pela escrita e pelo desenho. Mais tarde movido pela curiosidade vi-me obrigado a desmontar o afiador para perceber como funcionava o mecanismo e para o meu azar nunca mais o consegui montar, mas como já havia percebido o princípio de funcionamento daquele afiador usava-o perfeitamente mesmo “incompleto”.


#57

Bom dia, sobre um dos objetos em minha infância que trazia a felicidade e desenvolvia minha criatividade com certeza foram as bonecas de papel. Vesti-las trazia a vontade de criar os modelos em papel comum tipo folha de caderno e sacos que o pão vinha dentro. Assim pude desenhar, pintar, elaborar e deixar a imaginação fluir.
Isso claro depois de correr bem muito na rua, andar de bicicleta, pular corda com a garotada.

Muito obrigada.

boneca


[Semana 1 Atividade] Objetos da infância
#58

Minhas bonequinhas de milho.
Quando se cresce numa área rural e com poucos recursos os objetos de infância, em especial os brinquedos, são aqueles disponíveis na natureza. Assim, somos levados a criar e imaginar nossos próprios objetos.
A bonequinha de milho não tem as roupinhas e os acessórios sofisticados. Mas, tem cabelo colorido, saias e laços de folhas e enfeites de flores e galhos.
O que isso influencia na forma em que pensamos ou aprendemos?
Em primeiro lugar destacaria que aprendemos a fazer o máximo que podemos com o que temos a partir de onde estamos.
Em seguida, buscar soluções criativas diante das dificuldades.
No entanto, isso não nos impede de buscar a melhoria das nossas condições de vida.
Hoje, apesar de poder comprar brinquedos modernos e carregados de tecnologia, não deixo de mostrar para o meu filho como podemos brincar com objetos simples, usando muita imaginação.
images


#59

Um papel de pão, ou seja, hoje semelhante aos saquinhos de papel cinza que meu pai me ensinava as letras e os números, quando tinha 4 anos. Quando fui para o pré já conhecia todas as letras. Isso foi um incentivo para meus estudos.


#60

Fiquei surpresa em saber que você gostava desse material. Sua professora deve ter sido muito boa em aproveitar esse recurso, pois muita gente acha o material chato!
Você lembra de alguma atividade que fazia com o Material Dourado?


#61

Eu também adorava!!!